Saudade do passado

Eu só queria me divertir, aprender a voar, aprender a correr, quando eu era mais jovem, eu deixei meu coração decidir o meu caminho. No fundo, eu provavelmente sempre soube que isso seria inevitável, para ser uma pessoa melhor, eu teria que apagar algumas coisas e recomeçar tudo de novo.
Sei que não sou o único que se arrepende das coisas que faz, ás vezes sinto que sou só eu que não aguenta o reflexo do que vê no espelho. Queria poder viver um pouco mais olhar para céu, não apenas para o chão, não só para meus problemas.
Sinto como se minha vida estivesse passando rápido demais e eu não posso fazer nada, e tudo que posso fazer é sentar e assistir ela passar e chorar por isso, sinto falta do ar, dos meus amigos, sinto falta de quando eu era criança a vida era uma festa todos os dias.
Mas isso foi a anos atrás, agora sou outra pessoa.
Quando eu ando ao redor de todos pelas ruas onde eu cresci eu lembro de coisas e da vontade voltar no passado sem preocupações sem dividas sem nada a temer só o colo da minha mãe para aquecer.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A cobra que picou Paulo

Chuvas no Espirito Santo

Uma novela que se chama minha vida